calendarioPublicado em 6 de out de 2016 - Por Patricia Machado

O garotinho canadense Tupper Dunlop, de 3 anos, ainda era bem pequeno quando foi diagnosticado com autismo. Por causa disso, ele tinha muitas dificuldades para dormir. Ele tinha pesadelos todas as noites e acordava seus pais a cada 20 ou 40 minutos.

+ Garotinho com autismo lê livros para socializar animais abandonados

+ Gata ajuda criança com autismo a se comunicar pela primeira vez

Para tentar ajudar o menino, os pais de Tupper contaram com a colaboração do cachorro Lego, que foi treinado para dar assistência à pessoas doentes. Quando ele percebe que o garoto está tendo pesadelos, o cão vai até Tupper e tenta abraçá-lo até que ele se acalme.

Graças à atitude do cachorro, a vida do garotinho mudou completamente. Agora, ele consegue dormir de 8 a 10 horas por noite e, muitas vezes, sem qualquer interrupção. Além disso, a amizade entre Tupper e o animal fez com que ele tenha um comportamento mais calmo quando está rodeado por pessoas e até evite se arranhar, morder e bater nas coisas.

“Lego ajuda a interromper Tupper quando as coisas estão ficando fora de controle e ele consegue acalmá-lo quando está estressado”, contou Nancy, mãe do garoto, ao The Dodo.

cachorro-evita-pesadelos-imagem-1-reproducao

cachorro-evita-pesadelos-imagem-2-reproducao

cachorro-evita-pesadelos-imagem-3-reproducao

cachorro-evita-pesadelos-imagem-4-reproducao

cachorro-evita-pesadelos-imagem-5-reproducao

Fotos: Reprodução

Patricia Machado

Jornalista que descobriu a sua paixão por gatos graças às aventuras vividas ao lado do adorável Alfredo Afonso, um gatinho que foi resgatado das ruas e que também era conhecido por Lucky. Hoje, é tutora da pequena Sophie, uma gatinha que muitas vezes é chamada de Sofia Maria. No futuro, sonha em ter um porco e uma cadela chamada Matilda!

Comentários