Cadela conforta chimpanzés que perderam suas famílias

Cadela desaparecida nada por 10km e anda por mais 19km para reencontrar tutores

calendarioPublicado em 5 de set de 2016 - Por Patricia Machado

Quando os animais amam suas famílias, eles fazem coisas impossíveis para continuarem desfrutando da alegria e do carinho dos seus tutores. A cadela Rylee, que tem apenas 10 meses de idade, nadou quase 10km e andou por mais 19km para conseguir reencontrar sua querida família depois de um incidente.

+ Gato desaparecido durante tempestade reencontra família após 19 meses

+ Garotinho vai até abrigo para adotar um animal e reencontra seu gato desaparecido há um ano

Ela estava passeando de barco com os donos, Edward e Kristin Casas, quando o barco quebrou e os tutores precisaram consertar o defeito. Nesse momento de descuido, a pequena Rylee acabou caindo no Lago Michigan, nos Estados Unidos, e desapareceu.

Assim que eles perceberam a ausência do animal, cerca de 10 minutos depois, eles já não conseguiram mais encontrar a cachorra. Por isso, eles contactaram as autoridades locais e reportaram o seu desaparecimento.

cadela nada e caminha para encontar tutores - imagem 1 - reproducao

A cadela Rylee desapareceu depois de cair do barco em que passeava com os tutores

No dia seguinte, eles receberam uma ligação do time de busca local porque uma mulher parecia ter avistado a cadela próximo a um espaço dedicado a pessoas que gostam de acampar.

Ao chegarem no Platte River Campground, Edward começou a jogar os brinquedos de Rylee no chão e apertar aqueles que faziam algum barulho. Pouco tempo depois, Rylee apareceu no meio de algumas árvores e saiu correndo para reencontrar os tutores.

De acordo com a polícia, Rylee foi muito valente. Os oficiais acreditam que ela tenha nadado por quase 10km e andado por mais 19km para chegar até ali. “Eu não costumo chorar, mas conseguir encontrar a Rylee de novo me fez chorar”, contou Edward ao ABC News.

cadela nada e caminha para encontar tutores - imagem 2 - reproducao

Os tutores se emocionaram quando reencontraram a cadela Rylee

Fotos: Reprodução

Patricia Machado

Jornalista que descobriu a sua paixão por gatos graças às aventuras vividas ao lado do adorável Alfredo Afonso, um gatinho que foi resgatado das ruas e que também era conhecido por Lucky. Hoje, é tutora da pequena Sophie, uma gatinha que muitas vezes é chamada de Sofia Maria. No futuro, sonha em ter um porco e uma cadela chamada Matilda!

Comentários