Mulher dedica sua vida ao resgate de gatos abandonados

Cadela que perdeu filhotes em acidente adota animais para vivenciar a maternidade

calendarioPublicado em 9 de mar de 2017 - Por Mariana Castro

Ser mãe é um sentimento indescritível, não importa a espécie. Para Daisy, uma cadela que estava pronta para vivenciar a maternidade, perder essa oportunidade foi devastador. Seus sete filhotes ficaram presos em um incêndio no celeiro de seus tutores, um acidente trágico que levou à morte de todos eles.

+ Cachorro consegue ser adotado e não para de abraçar a nova tutora

+ Cachorro abandonado em abrigo encontra conforto em bichinho de pelúcia

“Nós tentamos correr até o celeiro, mas já era tarde demais. Nós precisamos segurar a Daisy, que tentava correr para dentro do local”, contou Jessica Woodruff ao Buzzfeed. Após o episódio, Daisy ficou devastada e perdeu o interesse pela vida. “Tudo que ela queria era ser mãe e meu coração ficou partido por ela”, disse a tutora.

A cadela já não comia e vivia perto do celeiro, choramingando, quando Jessica teve uma ideia para aliviar o luto do animal. Ela compartilhou a história de Daisy nas redes sociais em busca de filhotes órfãos que precisavam de uma mãe. O objetivo era, através da adoção, fazer com que ela vivesse a maternidade.

+ Cadela revira lixo para salvar filhote abandonado

Uma mulher apareceu com a solução perfeita. Sua cadela, Chloe, havia morrido logo após dar à luz, deixando oito filhotes. Daisy passou a tomar conta deles e rapidamente voltou a ser feliz. Quando pararem de mamar, os filhotes devem voltar para suas casas. Mas, por enquanto, a cadela pode usufruir de todo o seu instinto materno.

cachorra mae - imagem 1 - reproducao

cadela mae - imagem 5 - reproducao

cachorra mae - imagem 2 - reproducao

cadela mae - imagem 4 - reproducao

Fotos: Reprodução

Mariana Castro

No processo de se formar em jornalismo e convencer a mãe a ter um cachorrinho, sendo o segundo muito mais desafiador. No momento, o mais próximo que tem de algo de estimação é seu cacto, a Amélia. Enquanto isso, segue escrevendo e se apaixonando por vira-latas de terceiros.

Comentários