Conheça o cachorro brasileiro que conquistou a internet — e Ashton Kutcher

Cães não devem ser tratados como membros da família no Canadá, de acordo com juiz

calendarioPublicado em 21 de dez de 2016 - Por Patricia Machado

Discutir com um tutor se um animal de estimação deveria ser considerado membro da família é uma perda de tempo. A grande maioria irá dizer que, para eles, os pets são como filhos e eles terão bons argumentos para comprovar essa teoria. No entanto, não é assim que pensa a Justiça do Canadá que, recentemente, chocou os amantes de cães e gatos.

+ Com quem fica o pet na hora da separação?

+ Faz mal dormir com o cachorro na cama?

Após 16 anos de matrimônio, um casal resolveu se separar e pediu para que o juiz Richard Danyliuk, que analisava o caso, decidisse sobre a guarda dos dois animais de estimação da família. Os advogados da esposa pediram para que a corte tratasse a situação como outras disputas de guarda: ela teria a guarda permanente e o ex-marido poderia fazer visitas regulares.

O pedido deixou o juiz abismado e ele declarou que o caso seria um desperdício de tempo e dinheiro, uma vez que os cachorros são considerados um propriedade e não podem ser tratados perante à lei da mesma maneira que uma criança.

“Muito cães são tratados como membros da família com a qual vivem”, escreveu Danyliuk em sua decisão, divulgada pela emissora CBC. “Mas no fim, um cachorro é um cachorro. É uma propriedade, um animal domesticado que é possuído. Na lei não goza de direitos familiares. No Canadá, não costumamos comprar crianças de criadores. Normalmente não cruzamos nossos filhos com outros humanos para garantir boas linhagens, ou cobramos por esses serviços”, completou.

Foto: Getty Images

Patricia Machado

Jornalista que descobriu a sua paixão por gatos graças às aventuras vividas ao lado do adorável Alfredo Afonso, um gatinho que foi resgatado das ruas e que também era conhecido por Lucky. Hoje, é tutora da pequena Sophie, uma gatinha que muitas vezes é chamada de Sofia Maria. No futuro, sonha em ter um porco e uma cadela chamada Matilda!

Comentários