Gilberto Miranda

Formado em psicologia e com mestrado em educação, a especialidade de Gilberto Miranda é promover a harmonia entre os bichos e o seu ambiente, seja ele qual for. “Uma das grandes necessidades do ser humano é a educação e assim deve ser para com os animais também".

8 curiosidades sobre os cães que você não sabia

24/03/2016 Comente

Dog on sofa

Muita gente acha que ter um cachorro é uma tarefa simples. Mas, o que muitos esquecem, é que ele é um ser vivo como a gente e, por isso, precisa de educação, amor, carinho, afeto, atenção, e inúmeros outros cuidados.

+ Leia mais: O tapete higiênico funciona?

Para quem gosta desses animais, separei algumas curiosidades que nem todos conhecem sobre o universo dos cães. Dê uma olhada:

Escove o seu pet todos os dias
Os cães adoram ser escovados e esse é um ótimo hábito para a saúde do animal. Pode parecer estranho, mas a escovação é mais importante do que o banho, porque o banho em excesso retira a oleosidade natural da pele do animal. O banho deveria ser dado apenas a cada 15 ou 30 dias.

A escovação retira os pelos velhos e a sujeira, estimula o folículo e evita a sedimentação de parasitas. É recomendado que os donos escovem seus cães diariamente. Para auxiliar nessa prática, deixe o pelo úmido borrifando uma substância que contenha 100ml de água, 100ml de vinagre e 100ml de álcool comum. Além disso, escove o animal no sentido contrário ao pelo.

+ Leia mais: É possível adestrar cães adultos ou idosos?

Young girl hugging pet dog at park

Nem todos os cães gostam de ser abraçados
Para o cachorro, o ato de abraçá-lo ou encostar no rosto e pescoço pode ser considerado um ato de dominação — e nem todos os cães gostam disso. Por isso, alguns cães podem ficar agressivos e até morder quem tentar abraçá-los. Mas tenha calma: isso também irá depender do tipo de comportamento que o animal desenvolveu com o dono ao longo do seu crescimento.

Não tente forçar uma amizade entre cães e pessoas quando não há empatia
Existem pessoas que não gostam de animais e animais que não gostam de pessoas. Os cães têm a capacidade de distinguir quem gosta e quem não gosta de animais de estimação. Por isso, não force a amizade entre pessoas e cachorros. Deixe que isso aconteça naturalmente.

Introduza alimentos que façam a higiene bucal
A introdução de alimentos mais duros, como ossos e alguns tipos de rações, fazem com que o animal tenha mais trabalho durante a mastigação, o que ajuda na higiene bucal do cão. Durante a mastigação e atrito do dente com esses alimentos, os animais evitam o acúmulo de tártaro, que pode causar uma série de doenças ao pet.

Os cães não entendem frases longas
Os cachorros não são capazes de entender frases longas. Por isso, dê comandos curtos como “não”, “fica”, “parabéns” e “bom garoto”. Além disso, os animais observam muitos os nossos gestos e atitudes. A nossa expressão corporal diz mais do que as palavras.

Não existem cães com porte pré-determinado
É comum que alguns criadores prometam que o animal tenha um determinado tamanho na fase adulta. Não tem como prever o porte do animal, porque isso é uma característica única de cada cachorro. Além disso, o tamanho do animal vai depender do meio em que ele vive. Cães podem ficar maiores quando consomem uma ração inadequada, por exemplo.

+ Leia mais: 7 erros comuns na hora de adestrar o seu cão

Woman putting water bowl down for her dog

Cachorros prezam pela limpeza do local onde comem e fazem as suas necessidades
O local onde fica a ração e o espaço para as necessidades fisiológicas devem ter, pelo menos, três metros de distância entre si. O animal quer que o espaço dedicado às refeições esteja sempre limpo. Por isso, caso ele faça as suas necessidades próximo ao local da ração, é comum que ele mesmo tome a atitude de limpar o ambiente e comer as suas fezes.

Cães não gostam da comida que fica muito tempo em exposição
O dono do animal deve esperar cerca de 15 minutos após ter colocado a ração para retirar o excedente que ficou no potinho. Caso o pet não queira comer, o dono deve retirar esse alimento, guardar e colocar novamente no horário da próxima refeição.

O cachorro preza pela higiene e, caso você deixe a comida exposta, a mesma passa por um processo de fermentação que pode trazer problemas estomacais ao animal. O ideal também é estabelecer os horários das refeições. Isso cria um hábito e ajuda o bom funcionamento do intestino do pet.

Comentários