Pesquisa revela custo médio mensal de um animal de estimação

Gol passa a transportar pets na cabine em voos internacionais

calendarioPublicado em 3 de nov de 2016 - Por Carolina Romanini

Depois de liberar o transporte de pets dentro da cabine de passageiros em voos nacionais, em março do ano passado, a Gol estendeu o benefício também para os voos internacionais. A medida foi adotada no mês passados. Com isso, cães e gatos podem ser transportados na cabine em todos os voos domésticos e internacionais operados pela companhia aérea.

+ Dicas para viajar com o cachorro

+ Dicas para viajar com o gato

Os pets, porém, precisam atender os requisitos e cuidados indicados para garantir a sua segurança. Entre as orientações estão ter idade mínima de quatro meses e peso máximo de 10 quilos, contando a caixa de transporte.

Para embarcar, todos os pets devem estar dentro de uma caixa de transporte de material firme, liso, resistente a vazamentos e com espaço suficiente para o animal dar uma volta completa em torno e si. Cães e gatos precisam ficar dentro da caixa de transporte durante todo o tempo do voo. Os pets serão acomodados abaixo da poltrona à frente do assento do tutor.

É importante verificar também a documentação necessária para a viagem do pet, que pode ser diferente para voos nacionais e internacionais, incluindo vacinas e atestado do veterinário.

+ Serviços para pets disponíveis no Brasil

+ Pet hotel ou pet sitter: qual a melhor opção?

O transporte do animal custa R$ 200 por trecho, tanto para voos nacionais quanto para os internacionais, e deve ser pago na reserva do serviço. Já os cães guia e ouvinte voam gratuitamente quando acompanhados do tutor com deficiência.

Vale anotar que a GOL não transporta caninos e felinos de raças branquicefálicas (aquelas de focinho curto). Confira abaixo a lista de raças não permitidas:

Cães: Buldogue Americano, Boston Terrier, Boxer, Griffon de Bruxelas, Pug Chinês, Chow Chow, Pug Holandês, Pug, Pequinês, Buldogue Inglês, Cavalier King Charles Spaniel, Buldogue Francês, Dogue de Bordeaux, Lhasa Apso e Shih tzu.

Gatos: Persa, Burmês, Exótico e Himalaio.

Carolina Romanini

Apaixonada por animais, já escreveu sobre o assunto para veículos como Veja e Veja São Paulo. Tem três peludos em casa: Ernesto (um buldogue francês vida mansa), Nina (a vira-lata mais elegante e ciumenta do mundo) e Ronda (uma scottish terrier com personalidade de onça).

Comentários