Cuidados básicos ao ter um coelho de estimação

Governo brasileiro sanciona lei para controlar natalidade de cães e gatos abandonados

calendarioPublicado em 12 de abr de 2017 - Por Patricia Machado

O presidente Michel Temer (PMDB) sancionou uma lei que promete controlar controlar a natalidade de cães e gatos para evitar que o número de animais que vivem abandonados aumente. A lei 13.426/2017, que foi publicada no Diário Oficial, realizará esse controle através de esterilização permanente por cirurgia ou por outro procedimento que garanta eficiência, segurança e bem-estar ao animal.

+ Os cuidados e benefícios de castrar o seu pet

+ Machos não castrados têm 80% de chance de desenvolver tumor na próstata

Antes de iniciar o programa, será necessário realizar um estudo para descobrir quais são as localidades ou regiões que necessitam de atendimento prioritário ou emergencial, avaliando a superpopulação e quadro epidemiológico. Além disso, o governo deve analisar o número de animais que precisarão ser castrados e os pets que vivem em comunidades carentes terão prioridade.

Para que a população entenda os benefícios da castração animal, que ajuda a reduzir doenças e conter a alta taxa de natalidade, a lei prevê campanhas educativas para alertar sobre a guarda responsável de animais de estimação.

Apesar da lei ter sido aprovada, a data para o início do programa e o orçamento que será necessário para colocar a medida em prática ainda não foram definidos.

Foto: Getty Images

Patricia Machado

Jornalista que descobriu a sua paixão por gatos graças às aventuras vividas ao lado do adorável Alfredo Afonso, um gatinho que foi resgatado das ruas e que também era conhecido por Lucky. Hoje, é tutora da pequena Sophie, uma gatinha que muitas vezes é chamada de Sofia Maria. No futuro, sonha em ter um porco e uma cadela chamada Matilda!

Comentários