calendarioPublicado em 1 de fev de 2017 - Por Patricia Machado

O porto-riquenho Willie Ortiz, que tem 76 anos e atualmente trabalha nos Estados Unidos coletando metal, decidiu fazer um trabalho voluntário que é capaz de emocionar muita gente. Todos os dias, ele alimenta 68 gatos de rua.

+ Casal dedica sua vida para cuidar de ursos resgatados

+ Mulher dedica sua vida para salvar esquilos debilitados

O trabalho começou há 22 anos. Na época, Willie viu um gato implorando por comida e sendo rejeitado por diversas pessoas. A cena o chocou e fez com que ele, além de alimentar o pobre animal, quisesse dedicar parte dos seus dias para cuidar e alimentar gatos que foram rejeitados e obrigados a viver na rua.

Apesar do bonito trabalho, muitas pessoas questionam Willie sobre o motivo dele fazer isso todos os dias, ao invés de alimentá-los apenas algumas vezes por semana. Sem pestanejar, ele respondeu ao Bored Panda: “Você come todo dia, não? Você come três refeições. Eles comem apenas uma vez a cada 24 horas”.

Veja algumas fotos que mostram o trabalho de Willie:

homem alimenta gatos - imagem 1 - reproducao

homem alimenta gatos - imagem 2 - reproducao

homem alimenta gatos - imagem 3 - reproducao

homem alimenta gatos - imagem 4 - reproducao

homem alimenta gatos - imagem 5 - reproducao

Fotos: Reprodução

Patricia Machado

Jornalista que descobriu a sua paixão por gatos graças às aventuras vividas ao lado do adorável Alfredo Afonso, um gatinho que foi resgatado das ruas e que também era conhecido por Lucky. Hoje, é tutora da pequena Sophie, uma gatinha que muitas vezes é chamada de Sofia Maria. No futuro, sonha em ter um porco e uma cadela chamada Matilda!

Comentários

  • Helen

    Tem uma mulher aqui no bairro que faz isso também ela dedica sua vida para dar de comer aos animais, cães, gatos, passarinhos o que for sempre leva para casa os que vê que estão doentes ou abandonados pela mãe ou coisas assim. Acho muito triste que algumas pessoas do bairro xingam ela por ter essa atitude tão linda. Até processo na justiça ele tem por causa disso…acho tão triste ela é uma senhora tão amavel gosto tanto dela. Ela pega seu carrinho de feira faça chuva faça sol e aguenta todas as humilhações mas ela não desanima encara tudo de frente é só pede a Deus que lhe de saúde para poder continuar sua missão. Ela mora no jardim paulista na rua caconde ao lado da padaria.

    • Jose Zimmermann

      Deus queira que pessoas assim tenham vida longa. Os animais precisam.

    • Adelina de Souza

      Os animais se acostumam com esse cuidado e ja contam certo q naquela hora terão o q comer. É muito lindo e gratificante. Se desse pra todo bairro ter alguém com essa atitude ja seria de grande ajuda. Faço um percurso a noite tb alimentando gatos e uns cães. E vou castrando os q der.