Tempo seco pode afetar a saúde dos pets

Parques com espaços para cachorros em São Paulo

calendarioPublicado em 3 de ago de 2017 - Por Patricia Machado

Passear com os cachorros é uma atividade extremamente importante. Além de ser uma forma de exercitar o pet, evitando a obesidade, os passeios também proporcionam benefícios cognitivos. Isso porque o cão conhece novos cheiros, o que facilita a comunicação entre os bichinhos, e pode estreitar os laços de afeto com seu tutor.

+ Como ensinar seu cão a passear corretamente

+ Quantas vezes você deve passear com o seu cão?

“O passeio é um momento para o cão se livrar do estresse acumulado e explorar um ambiente marcado por diversos cheiros”, explica Giulianna Portes, adestradora da equipe Cão Cidadão.

Para incentivar os tutores a aproveitarem o tempo livre ao lado dos seus melhores amigos, inúmeros parques criaram espaços exclusivos para cachorros. Na maioria dos casos, esses locais, que costumam ser batizados de cachorródromos, são cercados e os pets podem ser soltos no espaço. Com isso, os animais podem correr e brincar à vontade.

Conheça alguns espaços para cachorros em São Paulo e comece a planejar o próximo passeio com o seu pet:

Parque Buenos Aires

Quem mora perto de Higienópolis, bairro nobre localizado na região central da cidade, pode aproveitar os dias de folga para conhecer o Parque Buenos Aires ao lado do seu fiel escudeiro. No meio do parque há um espaço cercado para cachorros, que foi batizado de cachorródromo. O piso é de terra e o local conta com inúmeras árvores. Os cachorros podem brincar livremente, sem a necessidade da coleira. O espaço possui bebedouros para os pets se refrescarem e alguns bancos para os tutores descansarem enquanto observam seus animais.

Parque Villa-Lobos

Localizado na zona oeste de São Paulo, o Parque Villa-Lobos também é uma opção de entretenimento para os pets. Batizado de Dog Zone Villa Lobos, a área para cachorros possui brinquedos e um amplo espaço para os cães correrem. O local é dividido para abrigar os cachorros de pequeno e médio porte e os cães de grande porte. O espaço não possui muita sombra. Por isso, os tutores devem ficar atentos aos dias quentes. Além das brincadeiras, aos sábados, aulas de adestramento acontecem no local.

Além de ser uma forma de exercitar o pet, evitando a obesidade, os passeios também proporcionam benefícios cognitivos

Parque Ibirapuera

No Parque Ibirapuera, os tutores podem levar seus pets para uma área chamada de Parque dos Cachorros. O espaço está localizado entre os portões 6 e 7. A ampla área permite que os cachorros corram e gastem bastante energia. No entanto, o local não possui uma cerca. Por causa disso, os tutores devem ficar atentos para que o animal, uma vez solto, não tente fugir. O espaço costuma ficar cheio aos finais de semana.

Praça Ayrton Senna

Dividido em três ambientes, o Cachorródromo Ayrton Senna, que está localizado na Praça Ayrton Senna, garante a diversão de cachorros de pequeno, médio e grande porte. Para garantir a seguras dos animais, a área possui uma entrada com dois portões, além de grades para limitar o espaço dos cachorros. O ambiente contém ainda estruturas e brinquedos, como um túnel. O objetivo do espaço é entreter os pets que podem brincar à vontade.

Parque da Juventude

O espaço para cachorros no Parque da Juventude, na zona norte da cidade, faz sucesso entre um tutores. Quem desejar conhecer o local poderá deixar o seu pet solto e brincando em uma área cercada. O ponto negativo do espaço é que ele fica cheio aos sábados e tem pouca sombra. Por isso, nos dias quentes, os tutores devem redobrar a atenção.

Foto: Getty Images

Patricia Machado

Jornalista que descobriu a sua paixão por gatos graças às aventuras vividas ao lado do adorável Alfredo Afonso, um gatinho que foi resgatado das ruas e que também era conhecido por Lucky. Hoje, é tutora da pequena Sophie, uma gatinha que muitas vezes é chamada de Sofia Maria. No futuro, sonha em ter um porco e uma cadela chamada Matilda!

Comentários