calendarioPublicado em 27 de mar de 2018 - Por Mariana Castro

É cada vez mais comum ver tutores passeando no shopping com seus pets. Diferentemente de levá-los para passear na praça ou mesmo na rua de casa, uma voltinha no shopping com o cachorro é a demonstração perfeita de como ele é muito mais do que um animal de estimação, é um verdadeiro companheiro.

Por isso, muitos shoppings se consideram dog friendly, permitindo a circulação de cães em seus corredores. “Vemos a presença deles com bons olhos e prezamos pelo respeito mútuo entre clientes com e sem cães”, conta a gerente de marketing do Morumbi Shopping, Kátia Ardito.

+ Passeios para fazer com os pets em São Paulo

+ Parques com espaços para cachorros em São Paulo

No caso dos gatos, que costumam ser domiciliados em apartamentos, o agito do ambiente provavelmente os assustaria. Por causa do grande estresse, não é recomendado levá-los a esse tipo de passeio. Geralmente, cachorros que se incomodam excessivamente com ambientes mais agitados não foram bem socializados. Assim, eles também ficam assustados em multidões e podem querer fugir, ou mesmo empacar e não conseguir andar.

Para cães bem socializados, costuma ser muito saudável um passeio no shopping. “É interessante pois o ambiente é fresco e o pet pode se distrair vendo o movimento”, explica a diretora do hospital veterinário Pet Care, Carla Berl.

Que cuidados tomar com cães no shopping?

Antes mesmo de sair de casa, o tutor precisa se certificar de estar levando água, saquinho “cata-caca”, guia, coleira e, em casos exigidos por lei, focinheira. Não é permitido que os cães circulem livremente, uma vez que a entrada deles é restrita em algumas áreas, como a praça de alimentação, por exemplo. Cada loja no shopping define suas próprias regras quanto à entrada de pets no local. “Em alguns casos, a vitrine já conta com um adesivo informativo sinalizando a liberação do cão”, revela Kátia.

Geralmente, cães de médio ou pequeno porte têm mais acesso, uma vez que os grandes acabam ocupando muito espaço e podem incomodar quem não convive facilmente com pets. “Cães bem adestrados e de raças conhecidamente amigáveis e não agressivas costumam não encontrar problemas também”, revela Carla. “É importante que ele seja bem educado, para andar confortavelmente na coleira, sem ficar latindo ou puxando o tutor”, indica a veterinária.

+ Cuidados essenciais com os animais em locais pet friendly

O cão também precisa estar acostumado a não fazer suas necessidades em qualquer lugar, a fim de evitar problemas no shopping. “No Morumbi Shopping existe uma área externa indicada para o banheiro dos pets”, conta Kátia. O espaço é chamado de Dog’s Bar e conta com água filtrada para os cachorros.

“O grande perigo de shoppings para animais são as escadas rolantes, que podem mutilar seriamente a patinha deles”, alerta Carla. A recomendação é colocá-los no colo ao andar sobre elas, ou subir de elevador ou escada normal.

Foto: Getty Images

Mariana Castro

Jornalista apaixonada por todos os seres vivos. Enquanto não realiza seu sonho de ter um cachorrinho, segue escrevendo sobre eles e se apaixonando por vira-latas de terceiros.

Comentários